web builder

EPAM

Através da Directiva 312/94, do General CEME, são definidas as ações a empreender, no âmbito do Exército, para garantir o levantamento, aprontamento e sustentação da CLog 6 (PO), e é nomeada como unidade organizadora a Escola Prática de Administração Militar.
A EPAM iniciou o arrolamento de todas as ações a desenvolver no âmbito do levantamento da CLog6, e respetiva preparação e treino, e da deslocação da Sub-Unidade para embarque.
Os trabalhos preparatórios com vista ao levantamento da Companhia de Logística 6 iniciaram-se em 30 de setembro de 1994, na Escola Prática de Administração Militar, no Lumiar.

Sob a presidência do Ministro da Defesa Nacional, Dr. Figueiredo Lopes, teve lugar em 8 de Agosto, na Escola Prática de Administração Militar (EPAM), em Lisboa, a cerimónia da entrega do Estandarte Nacional à Companhia Logística 6 (CLog 6), que vai integrar as forças das Nações Unidas (UNAVEM III) em Angola.

Ao acto assistiram o Chefe do Estado Maior do Exército (CEME) e diversas personalidades civis e militares, culminando com as palavras do ministro Figueiredo Lopes, que acentuou o «significado muito especial» deste contributo português para o processo de paz angolano, por se tratar, além do mais, dum «verdadeiro reencontro de Portugal com os povos africanos dispersos por todo o território da República de Angola».

Esta unidade especial integra 12 oficiais, 22 sargentos e 77 praças, dispõe de 85 viaturas dos mais diversos tipos, e, sob o comando do major Manuel Caroço Prelhaz, terá como missão, conforme palavras do CEME, «a importante tarefa de render o Batalhão Logístico do Reino Unido e terá responsabilidades acrescidas na gestão, controlo e transporte dos artigos e abastecimentos destinados aos elementos e unidades que integram a UNAVEM III».     


    in Jornal do Exército Nº 428, de Agosto de 1995


A Companhia terminou a sua missão em Angola, a 27 de julho de 1998, com o regresso dos últimos 21 elementos.

Em 16 de setembro de 1998, decorreu a cerimónia de entrega do Estandarte Nacional da CLog6 à EPAM.


Em 18 de setembro de 1998, realizou-se a cerimónia de Receção, Homenagem e Despedida da CLog6 presidida pelo GEN CEME, e com a presença de variadas entidades civis e militares.




Nota:

A Escola Prática de Administração Militar foi extinta em 30 de junho de 2006, conforme Despacho n.º 130/CEME/2006, de 20 de junho.

A Escola dos Serviços entrou em funcionamento em 01 de Julho de 2006, conforme despacho n.º 131/CEME/2006 de 21 de junho, de acordo com o estabelecido no n.º2 do Despacho n.º 12.555/2006, de 24 de maio, do Ministro da Defesa Nacional, publicado no Diário da República, n.º 115, 2ª série, de 15 de junho de 2006, que aprovou a relação dos comandos, unidades, estabelecimentos e demais órgãos que correspondem à organização prevista na Lei Orgânica do Exército, aprovada pelo decreto-lei n.º 61/2006, de 21 de março. A Escola dos Serviços ocupa as instalações da Escola Prática de Administração Militar, na Póvoa de Varzim. É herdeira das tradições e do Património Histórico da Escola Prática de Administração Militar (Despacho n.º 231/CEME/2006 de 10 de agosto), da Escola Prática do Serviço de Material (Despacho 229/CEME/06 de 10 de agosto), do Batalhão de Adidos (Despacho 243/CEME/06 de 20 de setembro), do Batalhão de Administração Militar (Despacho 265/CEME/06 de 17 de outubro) e da Escola Prática do Serviço de Transportes.

Tem como encargo operacional uma Companhia de Reabastecimento e Serviços que faz parte das Forças de Apoio Geral (FAG) da Força Operacional Permanente do Exército (FOPE), conforme estabelecido pelo Sistema de Forças Nacional - Componente Operacional (SFN-COP), definido em CSDN em outubro de 2004. 

PARTILHAR ESTA PÁGINA